~*~ DoomsDay ~*~

    Compartilhe

    Hoshi Camui
    Last Song

    Feminino
    Número de Mensagens : 790
    Idade : 27
    Localização : Kyoto ~ Nihon
    Humor : Apaixonada pelo Gackt
    Pontos : 262
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 21/02/2008

    ~*~ DoomsDay ~*~

    Mensagem por Hoshi Camui em Qua Mar 12, 2008 4:51 pm

    Kirei na tsuki ga warau
    Shizuka na yoru ni warau
    Mou ichido tsubuyaita wa
    Anata no namae wo...

    Chirabaru garasu no ue de
    Tsumetai kaze ga odoru
    Anata no kaeri wo matsu wa
    Nemuri ni ochiru mae ni...

    Sakende iru watashi no koe ga hibiku
    Yurusarenai anata no tsumi wo daite...

    Anata no yume wo mita wa
    Mezameru koto no nai yume wo
    Madobe ni motarenagara
    Sotto tsuki ni dakareta...

    Sakende iru anata no koe ga togireru
    Yurusarenai watashi no tsumi wa tsuzuku...
    Anata no mune wo anata no ude wo anata no koe wo...
    Subete wo
    Itoshii hodo ni, Kuruoshii hodo ni aishisugita anata wo daite
    Nando mo kowashitsuzuketa...

    Ima nara todokimasu ka?
    Yasashii kare no koe ga
    Anata ni wa miemasu ka?
    Akaku somatta kono ude ga

    Furuenagara saigo no koe wo keshite
    Yurusarenai futari no tsumi wo nakinagara
    Hakanai yume wa kanashi yume wa setsunai yume wa owari wo tsuge

    Yasashii yume ni itoshii yume ni ano hi no mama ni,
    Ano koro no you ni...


    _________________

    Hoshi Camui
    Last Song

    Feminino
    Número de Mensagens : 790
    Idade : 27
    Localização : Kyoto ~ Nihon
    Humor : Apaixonada pelo Gackt
    Pontos : 262
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 21/02/2008

    Re: ~*~ DoomsDay ~*~

    Mensagem por Hoshi Camui em Qua Mar 12, 2008 4:51 pm

    A linda lua sorri
    Dando risadas na silenciosa noite
    Mais uma vez eu suspiro
    O seu nome

    O vento gelado está dançando
    Os vidros espalhados
    Eu espero a sua volta
    Antes de cair no sono

    Meu berro ecoa
    Eu abraço os seus pecados imperdoáveis

    Eu vi o seu sonho
    O sonho do qual você não pode acordar
    Enquanto se debruça no parapeito
    Abraçada suavemente pela lua

    Seu berro é interrompido
    Meus pecados imperdoáveis continuam
    Coração, seus braços, sua voz ...tudo
    Eu abraço a pessoa que amo muito, até nos amarmos um ao outro, até ficarmos malucos.
    Destrua­ mais e mais

    Isso te alcança agora?
    A voz educada dele
    Pode ver?
    Seus braços tingidos de vermelho

    Tremendo, a voz final é apagada
    Enquanto eu choro sobre nossos pecados imperdoáveis
    Tristes sonhos, dolorosos sonhos, anunciam o fim
    Virando sonhos educados e amáveis, como daquele dia, como daquela vez


    _________________

      Data/hora atual: Dom Dez 11, 2016 4:51 am