Noesis_Letra e tradução

    Compartilhe

    Karine
    Vanilla

    Feminino
    Número de Mensagens : 63
    Idade : 28
    Localização : Duque de Caxias/ RJ
    Humor : Alegre
    Pontos : 3
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 01/07/2008

    Noesis_Letra e tradução

    Mensagem por Karine em Sex Jul 18, 2008 6:57 pm

    kawarihateta mi wo kogashite
    chigireta karada wo yasashiku dakishimeru
    hitomi ni utsuru tsuki ha iroawase
    "mou... modorenai yo" to nakinagara kurikaesu
    noesis...
    kawaranai sekai ni
    yurusareru koto naku tada ikiteiku dake

    Dakishimete nemureru no nara yasuragi wo ataeyou
    eien ni sameru koto no nai shizuka na yume wo
    Itsukara ka wasureteita nukumori wo motomete
    itsumade mo owaru koto no nai yami wo arukitsuzukeru dake

    Kimi wa nakigara wo dakishime
    kowashite kieta mono to madoiau
    Aoku moeru honoo wo yurerugase
    "dare ga... watashi wo tomerareru no?" to kurikaesu
    noesis...
    kawaranai sekai ni
    yurusareru koto naku tada kieteiku dake

    Itsuwari ni shibarareta nara yasuragi wo ataeyou
    kono mune ni kizamaretsuzuku itami no naka de
    kaeranai kioku dake ga nani yori mo itoshisugite...

    mou nido to sono hohoemi ni fureru koto ha nai

    Karine
    Vanilla

    Feminino
    Número de Mensagens : 63
    Idade : 28
    Localização : Duque de Caxias/ RJ
    Humor : Alegre
    Pontos : 3
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 01/07/2008

    Re: Noesis_Letra e tradução

    Mensagem por Karine em Sex Jul 18, 2008 6:58 pm

    Tu queimaste a carne alterando-a completamente
    E gentilmente abraçou o corpo espinhudo
    A lua refletida em teus olhos é pálida
    "Não há ... como retroceder" tu repetiste entre lágrimas
    Noesis...
    No imutável mundo
    Não há nada a se perdoar, tu apenas se mantém viva

    Abraço-te forte e se puderes dormir, te deixarei em paz
    Um plácido sonho que tu jamais despertará
    Tu procuras pelo calor há mui esquecido
    Tu continuas apenas a andar pelas trevas sem fim

    Tu abraças o corpo tão próximo de ti
    Confundindo com algo que está partido sem conserto
    A pálida chama arde trêmula
    "Quem poderá mo deter?" repetes a ti mesmo continuamente
    Noesis ...
    No imutável mundo
    Não há nada a se perdoar, tu apenas se mantém viva

    Se tu estiveres compelida por mentiras, te darei descanso
    Nesta dor que continua a rasgar meu coração, somente a
    memória que não retornará é mais preciosa para mim...

    Tu jamais tocará aquele sorriso outra vez

    Abraço-te forte e se puderes dormir, te deixarei em paz
    Um plácido sonho que tu jamais despertará
    Tu procuras pelo calor há mui esquecido
    Tu continuas apenas a andar pelas trevas sem fim

      Data/hora atual: Qui Dez 08, 2016 4:59 am